Default

Como aliar tecnologia e criatividade no marketing de conteúdo

Estamos em uma situação atualmente em que — quase todo — o mundo é digital. Cada vez mais, as empresas estão interessadas em estratégias e em maneiras de se posicionar nas primeiras posições, em investir em tecnologias, em tornar-se referência em suas áreas e, ao mesmo tempo, preocupados em atrair o público e fidelizá-los.

Por esses motivos, surge também a urgência de estar sempre inovando. O Grupo Ideal Trends, por exemplo, é constituído por 21 empresas de diversos segmentos, de saúde e estética ao marketing digital. Por vezes, esse é o caminho que empreendimentos encontram para conseguir chegar a mais de um nicho, gerando um maior volume de vendas.

As pessoas passam quase 24 horas por dias, conectadas e, mesmo que não estejam ali naquele momento, sempre tem lembretes disponíveis para não perder as últimas novidades. Do mesmo jeito, tem um grupo que não sabe o que é viver sem internet, por crescerem quando a internet já estava totalmente estabelecida.

É também por esse motivo que os consumidores mudaram. Atualmente eles são mais criteriosos e, ao mesmo tempo, imediatistas. As mídias sociais dão a oportunidade de que chegue produtos a eles não apenas quando precisem, mas, principalmente, fazem com que eles sintam a necessidade de obter algum serviço ou produto, mesmo não sendo uma urgência pessoal.

Por isso as marcas têm a necessidade de se manter frequentemente mais atualizadas e dispostas a tentar novos métodos e técnicas. Acompanhe mais a seguir.

O que é Marketing de Conteúdo

Inserido dentro do Marketing Digital, o de Conteúdo tem estratégias que visam a criação de conteúdos com objetivo de tanto atrair como engajar determinado público para gerar vendas e perpetuar o relacionamento da marca com o usuário.

Ao montar uma estratégia, é necessário ter três questões em mente:

  1. Qual o objetivo?

Toda estratégia criada devem ter as suas metas e objetivos. Esses objetivos podem variar entre garantir mais oportunidades de negócio, gerar autoridade, como é o caso do Grupo Ideal Trends ou então educar o mercado a respeito de determinado assunto.

O importante é que os objetivos sejam mensuráveis, pois apenas dessa forma a empresa consegue ter a certeza de que as estratégias estão servindo para o seu propósito.

  1. Para quem?

É de fundamental importância que uma empresa entenda quem é a sua persona, para fazer com que os seus conteúdos atinjam as pessoas certas e de maneira mais objetiva. 

Para tal, é criado — através de dados — um personagem fictício, que remonta a um ‘cliente ideal’. Apenas dessa forma a empresa pode ter a certeza de que está atingindo o público certo, aquele que tem o poder, eventualmente, de vir a ser um consumidor.

  1. Como?

Com a persona definida, é necessário pensar por quais meios eles seriam mais facilmente atingidos, como também em qual formato. Os canais podem ser através das redes sociais, blogs ou e-mail marketing. Já os formatos devem ser uma escolha entre vídeos, áudios, texto, imagens ou uma mescla de vários desses.

O conjunto do canal com o formato vai garantir que os seus conteúdos cheguem à sua persona de maneira satisfatória.

É interessante que as empresas tenham redes sociais, uma vez que elas são uma possibilidade de maior contato da marca com o público. Ainda assim, é necessário que faça um levantamento de quais são as redes mais acessadas pela sua persona, porque talvez não sejam todas elas que fazem sentido para a marca.

Há multinacionais já consolidadas atualmente, como o Google, o Grupo Ideal Trends, a Netflix, que estão na grande maioria das redes sociais. Isso é válido quando a sua gama de consumidores é extensa o suficiente para abranger e chegar a todas elas de forma eficiente.

Forneça conteúdos relevantes

Além de estimular uma compra, o conteúdo também pode fortalecer o relacionamento e a visão que o público possui da empresa e da marca. Essa, inclusive, é uma premissa do Marketing Digital, que várias empresas, incluso o Grupo Ideal Trends, buscam. O objetivo final é pode ser efetuar as vendas, mas deve existir um compromisso da marca com o público, a fim de fidelizá-los.

Exatamente por essa razão, as redes sociais são o meio mais interessante para que esse contato seja feito com o público. Outras formas de estabelecer essa relação são através de blogs e e-mail marketing, através de estratégias do marketing e SEO.

Considerando que conteúdos não faltam no meio digital, é necessário pensar outras e novas formas de fazer com que eles sejam originais.

A criatividade entra nesse contexto para ajudar a implantar as estratégias do marketing, diretamente à empresas que sentem a necessidade de se incluir em um mercado muito disputado e também de continuar sendo autêntico, para desenvolver a identidade da marca.

Há, inclusive, um forte paralelo atualmente entre dados e criatividade. Essa tem sido uma pauta cada vez mais discutido, uma vez que a criatividade é uma maneira de humanizar toda a relação que é feita através da internet e das mídias sociais, nessa relação de empresa e consumidor.

Criatividade que encanta clientes

Ser criativo ou pensar fora da caixa pode ser o diferencial para qualquer empresa, independente do tamanho. Cada vez mais o público está preocupado não apenas no produto que vai consumir, mas também em como a marca se apresenta e se posiciona diante determinados assuntos, quais são os seus princípios e no que acredita.

Um exemplo disso é o primeiro princípio do Grupo Ideal Trends ser ‘Sonhar grande’. Isso aproxima a marca do público, humaniza todas as relações estabelecidas a partir do primeiro momento. É importante que exista uma equipe especializada de marketing digital para construir, através da criatividade, ferramentas para que deixem a empresa, sendo o Grupo Ideal Trends ou qualquer outra, conectada com os seus clientes.

A verdade é que não tem como falar de marketing de conteúdo sem a criatividade. Por mais que ela não apareça nas estratégias de marketing, não tem como realizar algumas das etapas e estratégias sem ela. Dessa forma, percebe-se como a criatividade está presente em toda criação de conteúdo, independente do que seja.
Conheça os canais do Grupo Ideal Trends: Site, Facebook, Instagram e Youtube.

voos cancelados
Criatividade

4 motivos mais inusitados de voos cancelados da história

Os voos cancelados ainda são um problema que atrapalha muito a vida dos passageiros, principalmente quando a companhia aérea não se prontifica a resolver a situação.

A boa notícia é que hoje já existem empresas que ajudam o consumidor a ser indenizado, recorrendo à justiça de pequenas causas e impedindo que os passageiros fiquem no prejuízo.

De qualquer forma, existem cancelamento de voos que independem da vontade da empresa aérea – e alguns foram causados por motivos bem bizarros. Veja os mais inusitados da história!

  1. Problemas médicos

Uma companhia aérea do Reino Unido informou aos passageiros que o motivo do atraso no voo era um problema médico. Porém, quando a empresa foi chamada ao tribunal para esclarecer o caso, os funcionários contaram uma história bem diferente.

A emergência médica, na verdade, foi um problema digestivo que causou inúmeras visitas ao banheiro da aeronave. Ainda que o avião contasse com mais de um banheiro, o piloto achou melhor adiar a decolagem até que tudo estivesse limpo.

  1. Cheiro ruim

Aliás, o mau cheiro dentro das aeronaves não é um caso isolado. Em março de 2015, um voo da British Airlines de Londres a Dubai teve de retornar ao aeroporto de decolagem devido ao cheiro ruim que estava insuportável. Os passageiros só puderam embarcar novamente no outro dia.

Em 2013, foi a vez dos passageiros de um voo da Lufthansa de Estocolmo para Frankfurt sofrerem com o cheiro desagradável. O avião teve de aterrissar no meio do caminho, em Copenhague, porque os viajantes não estavam suportando o odor. Mais tarde, foi informado que o problema era do carpete que tinha sido instalado dias antes.

  1. Passageiros descontrolados

A cena mais inusitada aconteceu com um avião da Korean Air que já taxiava para decolar quando teve de regressar ao portão de embarque do aeroporto JFK.

O motivo foi causado pela filha do dono da empresa aérea, Cho Hyun-ah que exigiu que um tripulante fosse retirado após fazer uma cena porque as macadâmias servidas à bordo foram entregues no pacotinho e não em um prato.

Outra situação aconteceu em um voo do Havaí para o Japão, no qual uma passageira se recusou a se sentar na sua poltrona porque queria praticar yoga dentro da aeronave. O piloto achou melhor retornar ao aeroporto da partida para desembarcar a passageira.

  1. Bichos à solta

Ratos, cobras e escorpiões também podem ser motivos de voos cancelados e atrasados. Em 2015, o voo da Alaska Airlines entre Los Angeles e Portland teve que ser cancelado depois que um escorpião picou a mão de uma passageira.

Em 2014, o voo da Qatar Airways que ia de Dohra a Madri atrasou 6 horas porque o avião foi infestado por ratos e as equipes tiveram que usar produtos contra os bichinhos e aguardar até que aeronave estivesse livre dos roedores.

Já em 2012, um voo entre Cairo e Kuait precisou fazer uma parada não programada porque um passageiro que era dono de uma loja de répteis deixou a sua cobra de estimação escapar da sua bagagem.

Apesar de todos esses serem motivos completamente bizarros, a legislação brasileira prevê que o passageiro que se sentir lesado por causa de voos cancelados ou atrasados busque seus direitos.

No caso de voos cancelados ou atrasados, por exemplo, quem foi lesado tem direito a reembolso, reacomodação em outro voo (mesmo que seja por outra empresa aérea) ou transporte por outra modalidade, como táxis, ônibus ou van. Além disso, também poderá pleitear uma indenização por dano moral quando o atraso ou o cancelamento lhe trouxer outros inconvenientes.

Gostou deste conteúdo? Então compartilhe o nosso post nas suas redes sociais!

criatividade no marketing
Criatividade

Como trabalhar a criatividade no marketing digital?

O marketing digital está em alta. Afinal é uma estratégia de comunicação mais barata que os meios tradicionais e capaz de trazer mais retorno, graças a imensa possibilidade de metrificação.

Porém, a cada dia um número maior de empresas se atentam a esse universo de possibilidades e fica cada vez mais difícil para as marcas conquistarem a atenção dos seus seguidores – e transformarem essas pessoas em consumidores reais dos seus produtos.

Você sabia que para melhorar as suas estratégias e os seus resultados, a criatividade é fundamental? Entenda mais essa relação e veja dicas para turbinar o poder criativo dos seus colaboradores!

Criatividade e marketing digital: como funciona essa relação?

A criatividade é uma das mais importantes capacidades humanas. Graças à ela conseguimos evoluir, criando soluções para diferentes problemas, inventando desde a roda até a inteligência artificial.

E ela também é fundamental nas estratégias digitais. Sendo essencial em vários aspectos do planejamento à execução das campanhas. Veja alguns pontos que merecem destaque.

Conteúdo

Não existe como falarmos de marketing online sem passarmos pelos conteúdos. Afinal, é deles que a internet é feita. E uma boa estratégia de comunicação visa criar conteúdos atrativos e interessantes para os seus seguidores, que consigam conquistá-los e transformá-los em consumidores.

Sem criatividade, é difícil pensar em conteúdos inovadores ou elaborados de uma maneira diferente, que prendam a atenção do seu possível cliente e ainda transmitam a mensagem da sua empresa.

É a criatividade que ajuda a desenvolver um conteúdo informativo, de acordo com as exigências do SEO e que também seja motivador e interessante a quem lê ou assiste a sua comunicação.

Estratégias

Quem trabalha com marketing digital sabe que o planejamento é essencial para conquistar os objetivos esperados. Mas, como potencializar os resultados com orçamentos cada vez mais escassos? Novamente, a criatividade se torna uma aliada importante.

É ela que permite termos uma visão diferente do mesmo problema, enxergando soluções pouco óbvias e transformando a sua marca em uma empresa pioneira.

Desempenho

Muitas pessoas acreditam que os dados estão “matando” a criatividade. E isso não é verdade. É claro que, para uma boa estratégia digital, é essencial ficar de olho nas métricas e pensar em campanhas ou ações que estejam em sintonia com os números.

Mas, se fosse assim, qualquer robô seria capaz de planejar o marketing online da sua empresa. E nós sabemos que não é isso que acontece. Afinal, o olhar humano ainda é fundamental para analisar esses dados e compreender a informação sob a perspectiva do seu consumidor.

Novamente, ponto para os criativos. Já que é preciso “pensar fora da caixa” para desenvolver soluções e saídas fora do comum, que aliem as métricas aos comportamentos do seu público, com uma solução que realmente agrade às pessoas e traga resultados reais ao seu negócio.

Como potencializar a criatividade nas minhas estratégias digitais?

Lendo o tópico anterior, já deu para notar que criatividade não é apenas ser capaz de criar designs bonitos e atraentes, mas sim de pensar em soluções diferenciadas e que tragam resultados, certo?

Se você tem notado que suas equipes de marketing andam um pouco “travadas”, a boa notícia é que existem maneiras de potencializar essa criatividade e alcançar resultados ainda melhores. Veja algumas dicas.

Estimule os olhares diferentes

Encarar a mesma situação de uma forma diferente é uma atitude extremamente criativa (e muito importante no marketing online). Trabalhe isso com as suas equipes, por exemplo usando o brainstorm.

Faça reuniões nas quais todos podem contribuir com ideias e opiniões para resolver determinada situação – e garanta que todos se sentem à vontade e seguros para expor seus pensamentos.

Com esse simples exercício, já será mais fácil para suas equipes começarem a encarar o mesmo problema a partir de olhares diferentes.

Trabalhe com equipes multidisciplinares

Visões diferentes agregam novos conhecimentos e expandem os horizontes. Tanto que, muitos artistas quando enfrentam um “bloqueio criativo” costumam realizar atividades distintas da sua rotina, justamente buscando esse “olhar novo”.

Claro que contar com profissionais da comunicação é indispensável em qualquer equipe de marketing, mas que tal trabalhar também com o pessoal de vendas ou até a engenharia?

Conte com uma assessoria especializada

Nem sempre é fácil termos tempo e condições dentro da empresa para trabalhar todos esses pontos. Por isso, o mais recomendado é contar com uma agência parceira especializada em marketing digital.

Além de acostumada a trabalhar com o setor e mais bem preparada para lidar com as inovações constantes do universo digital, as agências ainda dispõem de profissionais altamente criativos e equipes com focos distintos, que ajudam a tornar suas estratégias mais bem direcionadas (e com resultados ainda melhores).

Como você viu, a criatividade é importante em todos os setores da nossa vida – e também indispensável nas estratégias de marketing digital. Gostou deste conteúdo? Então compartilhe o nosso post nas suas redes sociais!

Default

6 ideias criativas de marcenaria

O dia a dia corrido e as diversas demandas nem sempre permitam que consigamos ter aquele tão conhecido “olhar fora da caixa”. Isso significa perder muitas ideias criativas na hora de criar os móveis para casa, deixando de aproveitar “cantinhos” e detalhes cruciais para a decoração.

Uma forma de driblar esse bloqueio é buscando inspirações e projetos diferenciados, pensando em itens que possam ser adaptados para a nossa realidade ou até criando projetos exclusivos para os nossos espaços.

Para lhe ajudar, separamos algumas inspirações bem diferentes de marcenaria. Confere aí!

  1. Aproveite os espaços do banheiro

O banheiro é um local que conta com vários itens para serem organizados – e nem sempre esse é um dos cômodos mais espaçosos da casa, não é mesmo?

Para evitar aquele acúmulo de itens sobre a bancada da pia, o melhor é investir em móveis criativos e que aproveitem melhor o ambiente. Por exemplo, ao invés do tradicional armário em cima da pia, você poderá usar um espelho amplo no estilo camarim com espaço interno para armazenagem.

A bancada pode ter um gavetão na parte debaixo, ótimo para colocar roupa suja. Esse gavetão pode ser acoplado ao sifão da pia, evitando perder espaço.

Dentro do banheiro, os nichos e prateleiras ajudam a dar mais amplitude ao ambiente e ainda servem perfeitamente para organizar itens como cremes, maquiagens, toalhas e outros.

  1. Transforme a escada

Você vive em um sobrado ou uma casa com mais de um andar, mas sofre com a falta de espaço para organizar tudo o que precisa? Uma ideia criativa de marcenaria é transformar os degraus em espécies de gavetas.

Para isso, é fundamental pensar no projeto com antecedência e cuidado, mantendo a estrutura da escada, mas acoplando uma função extra. Geralmente, os degraus precisam de madeira para que tudo funcione como o esperado.

  1. Crie móveis multiuso

Os móveis com mais de uma função são excelentes para quem vive em apartamentos ou locais pequenos. E dentro dessa categoria existem muitas ideias criativas para você se inspirar.

Por exemplo: bancadas com gavetas escondidas para o banheiro ou lavabo, puffs com baús internos, camas com gavetas, nichos ou portas basculantes, mesas de armar que saem da parede (que podem funcionar nas cozinhas ou como mesas de estudo e trabalho), porta tempero nos vãos entre os armários da cozinha e assim por diante.

Sempre que for possível, pense em quais funções você pode incluir em um mesmo móvel para aproveitar melhor o ambiente e também facilitar a sua rotina.

Uma ideia bem bacana é desenvolver um móvel capaz de separar a sala de estar e a de jantar. Por exemplo, criando uma espécie de “parede giratória” em madeira, na qual você poderá virar a TV para o ambiente em que estiver.

  1. Aproveite o vão entre a geladeira e a parede

Em muitas cozinhas, o espaço destinado à geladeira é maior do que o eletrodoméstico, criando um vão mais amplo do que o necessário para retirar o equipamento do local caso seja preciso.

Se a sua cozinha é pequena, esse espaço sem uso pode partir seu coração. Uma ideia é aproveitar esse cantinho com um mini-armário de correr. Nele, você poderá adicionar algumas prateleiras e organizar inúmeros itens, como latas, garrafas, caixas e vários outros produtos e alimentos.

  1. Pense melhor na sua varanda

Quem vive em apartamento com varanda sabe como é desesperador perder um bom espaço para a instalação do ar condicionado (sem contar que muitas vezes aqueles aparelhos podem deixar o ambiente um pouco feio).

Uma ideia para solucionar esse problema é esconder o compressor com uma estrutura de madeira feita sob medida. É claro que, além de esconder o maquinário, esse móvel pode ter outras funções, por exemplo para plantar uma mini-horta, ou até com algumas prateleiras para organizar ou enfeitar sua varanda.

  1. Esconda a área de serviço

Área de serviço e cozinha integrados já é uma realidade na maioria dos apartamentos. Mas nem todo mundo se sente à vontade compartilhando dois ambientes tão distintos.

Se esse é o seu caso, a dica é usar painéis deslizantes para camuflar a lavanderia. Assim, quando essas “portas” forem fechadas, ninguém saberá que ali estão sua máquina de lavar, secadora e outros itens.

E, então, gostou das nossas ideias criativas de marcenaria? Compartilhe o nosso post nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a expandirem a mente e a criarem ambientes ainda mais incríveis e personalizados!